Os caminhos da segmentação nas redes sociais

00_HOW_TO_shutterstock_86178412_social_659pxAs redes sociais estão sendo bem exploradas por empresas do mundo inteiro e principalmente do Brasil. De acordo com uma pesquisa global realizada pela Regus, em 2010 49% das companhias brasileiras conquistaram novos clientes utilizando as chamadas novas mídias. Em 2011 essa proporção cresceu, chegando a 59% das empresas.

Apesar do terreno “fértil” das redes sociais, onde a criatividade e interação dominam, existem certos segmentos que precisam ganhar ainda mais destaque para fidelizar seu público.

Uma empresa fabricante de artigos esportivos ou então uma indústria de bebidas pode encontrar dificuldades em atrair um público significativo para seus perfis. Como interagir com o internauta? O que postar no Twitter ou Facebook? Fazer propaganda do tênis que acaba de ser lançado, ou então divulgar o mais novo sabor de refrigerante? Sim, é uma opção, mas e depois?

Grandes empresas como a Nike e a Coca-Cola são desse segmento, porém não enfrentam as mesmas dificuldades. São marcas extremamente conhecidas e apreciadas, então acabam dando um passo a mais no mundo digital e o integram com o mundo real.

Líder da venda de refrigerantes, a Coca-Cola criou um projeto em Israel em 2010 que integrou a opção “curtir” do Facebook à vida real. Foi criado um acampamento de verão onde os convidados recebiam uma pulseira especial que continha um sistema de RFID, sigla para Radio Frequency Identification, que permitia às pessoas a possibilidade de dar um “curtir” em atrações do acampamento, na vida real, que era automaticamente atualizado em seus perfis do Facebook.
Embora interessante e de autoria de uma multinacional, a ação da Coca não significa que empresas menores não possam também, de alguma forma, “entrelaçar” o mundo digital como o real.

A Palmetto do Brasil, empresa que emprega alta tecnologia no cultivo de Palmeiras Ornamentais, faz com que os seguidores do perfil @palmettodobr no Twitter, não só recebam informações sobre as mais variadas espécies de palmeiras, mas também acompanhem dicas de paisagismo que podem ser feitas facilmente em sua própria casa ou jardim. Assim a empresa consegue ,de uma certa forma, reunir os dois mundos, pois as dicas e matérias divulgadas pela rede social, se tornam realidade ao serem praticadas pelo internauta em seu próprio lar.

É uma ação simples e criativa, mas que faz com que o internauta continue acompanhando o perfil e, a partir daí, conheça os produtos que são vendidos no site e torne-se um cliente.

Algumas empresas também realizam promoções e sorteios de produtos. Também é uma maneira de uma ação realizada no mundo digital ser paupável no mundo real. Nas redes sociais existem produtos e segmentos difíceis de se trabalhar e desenvolver, porém as ferramentas disponivéis são muitas, basta encontrar a melhor forma de utilizá-las.

Fonte: http://www.metagov.com.br

Anúncios